Segurança

Afinal, o que é segurança patrimonial?

Homem sorridente, encostado na parede,

O que é segurança patrimonial? O termo, que tem sido cada vez mais utilizado, reflete uma importância muito grande. Afinal, qualquer assunto que envolva segurança como um todo, chama a nossa atenção.

Via de regra, a segurança patrimonial se trata de um conjunto de práticas que podem ser tomadas para a proteção do seu patrimônio. Mas, não só dele, como também das vidas envolvidas em torno dele.

Ou seja, poderíamos definir o termo com as seguintes funcionalidades:

  • Práticas de prevenção a furtos e roubos em residências, comércios ou empresas
  • Mecanismos de monitoramento, para se precaver a certos incidentes
  • Uso de tecnologias que reforcem a segurança como câmeras e alarmes
  • Estratégias de prevenção a incêndios e outros acidentes inesperados

Enfim, o termo abrange todas as práticas que garantam o bem-estar pessoal, integridade física e proteção do patrimônio. Todas as medidas que queremos tomar para evitar prejuízos causados por outras pessoas, acidentes ou fenômenos naturais.

Segurança patrimonial na rotina comum

Quando falamos em segurança patrimonial, podemos facilmente pensar somente na contratação de empresas do ramo. Por exemplo, na contração de vigilantes, empresas de alarme e medidas que demandam grandes gastos.

Entretanto, para os cidadãos comuns, não necessariamente precisa ser um processo que demande muitos gastos. Se você não tem condições de investir em serviços de empresas de segurança, não precisa necessariamente ficar na mão.

Afinal, como já dissemos, quando pensamos na segurança, pensamos em tudo o que pode ser feito para a nossa proteção em todos os sentidos.

Medidas básicas para tornar a sua casa mais segurança

Quer deixar a sua casa mais segura? Primeiramente, você pode investir em algo que passa despercebido às vezes: iluminação.

Sim, falar em iluminação implica diretamente no bem-estar das pessoas que moram em casa e na perspectiva de evitar acidentes. Por isso, vale a pena se ater aos seguintes itens:

  • Investir na iluminação LED, pois é a mais eficiente do mercado
  • Deixar as áreas externas bem iluminadas, para evitar acidentes
  • Pensar em uma iluminação de emergência

A iluminação de emergência, tanto nas áreas internas, quanto externas, evita muitas dores de cabeça. Principalmente nas situações recorrentes de apagões e queda de energia. Ninguém quer sofrer um acidente ou colocar a vida da família em risco, não é mesmo?

Tecnologias acessíveis e fáceis para a segurança de casa

Para quem não pode ter uma equipe de monitoramento, mas ainda deseja ter câmeras, há uma boa notícia! E a boa notícia é que no mercado há tecnologias bem acessíveis, isto é, que você mesmo pode controlar.

Ilustração de rapaz sentado à mesa de computador, à frente do seu PC.

Por exemplo, um caso clássico, é o das câmeras Ips. Essas câmeras são fáceis de instalar e conectadas à sua rede de internet. Por isso, basta ter o aplicativo no celular e você mesmo pode acompanhar por ele.

Ou seja, dispensa toda aquela estrutura cara que a gente imagina! Basta ter um smartphone, que pode monitorar tudo por ele!

Ademais, há outras tecnologias acessíveis, como as fechaduras eletrônicas digitais, que contam com senha e alarme de segurança. É uma forma bem simples de deixar a entrada da sua casa mais segura.

Viu só o que é segurança patrimonial e como pode ser simples de pôr em prática? Aproveite e confira o nosso catálogo de segurança!

Related posts
Segurança

Fechadura inteligente, vídeo porteiro ou sensor de abertura: qual o melhor para a segurança da sua casa?

SegurançaTecnologia

O que é nobreak e porque você deve ter um no seu home office?

Segurança

Black Friday: 5 Dicas para fazer uma boa compra

Segurança

Rádio Comunicador: 3 opções para você conferir

Increva-se para receber novidades & promoções

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *